Que moeda levar para o Chile? Confira aqui

05/11/2018 11:36 | Comprar dólar

Comprar dólar - Que moeda levar para o Chile? Confira aqui


Que moeda levar para o Chile? Provavelmente esta foi uma das primeiras perguntas que veio a sua cabeça, quando decidiu desbravar do incrível cenário que a região tem para ofertar.

Planejar uma viagem é sempre um passo muito importante para que tudo saia nos conformes. É preciso estar atento a todos os detalhes, como roteiro, clima, idioma, hospedagem, passagens aéreas... e, como sabemos, é o dinheiro quem proporcionará a realização de cada etapa pensada. Por isso, antes de escolher um destino, é importante pensar também na economia local. Você sabe, por exemplo, que moeda levar para o Chile? Se você ainda tem esses tipos de dúvidas, então fique atento a algumas dicas para a uma viagem mais tranquila e segura.

Peso chileno

A moeda do utilizada no Chile é o peso chileno, e, até o fechamento desta matéria, 1 peso chileno estava equivalente, em real, a 0,0054; em dólar americano, 0,0015; em dólar canadense, 0,0019; dólar australiano, 0,0020; e em euro 0,0013. A fonte é da UTC. Mas, como se sabe, a cotação é atualizada a todo o instante, o que exige acompanhamento do câmbio durante todo o período da programação da viagem. Para manter as informações atualizadas, você pode realizar cotação online, através da plataforma BomCâmbio, que além de bastante segura, você recebe a cotação em tempo real das principais casas de câmbio da região do Rio, podendo desfrutar das melhores taxas.

Como realizar câmbio vantajoso para países da América do Sul?

Quando os destinos procurados são países da América do Sul, principalmente o Chile, que atrai por seus lugares incríveis, como Cordilheira dos Andes, Deserto do Atacama, entre outros, comprar peso chileno no Brasil para pagar despesas de hotéis, passagens, compras, entre outros, pode não ser uma escolha tão vantajosa. Isso acontece também com a utilização de real em algumas cidades do próprio Chile. Por exemplo, usar real fora da cidade de Santiago não é um bom negócio. E o motivo é simples: Santiago é bem parecido com Buenos Aires, em termos de aceitação da moeda brasileira. Lá, é possível realizar compras em quase todos os lugares. Mas é importante frisar que há períodos mais favoráveis e menos favoráveis para esta mesma utilização. Em época de verão, a cotação do real é muito melhor do que a cotação do dólar, pois a procura dos chilenos que viajam de férias para o Brasil aumenta. Já no período do inverno, os papéis se invertem: o fluxo agora é dos turistas brasileiros rumo ao Chile, e aí, a cotação do real acaba baixando um pouco. Levar reais para cidades fora de Santiago, como Patagônia, Lagos Andinos ou Atacama são opções desvantajosas, pois a cotação fica mais alta, fugindo do preço de mercado. A melhor opção é o dólar ou cartão de crédito internacional. 

Uma outra dica para fazer o seu dinheiro render o máximo possível é adquirindo o dólar, ainda estando no Brasil. Isso é sempre uma boa opção, principalmente em países onde a moeda é fraca.Fique atento ao mercado econômico, no período do planejamento da viagem, e compare preços das principais casas de câmbio . 

A plataforma BomCâmbio possui um sistema que oferece as melhores cotações para que possa realizar ótimos negócios, tudo de forma rápida, prática, segura e online. Faça a cotação de real para dólar e dólar para peso chileno e veja qual é a oferta mais vantajosa.

A plataforma Bomcâmbio oferece também remessa internacional, conversor de moeda, cotação do dólar hoje e operações de câmbio com moedas estrangeiras tais como euro, libra, peso argentino, dólar canadense, dólar australiano entre outras. As pessoas que estão viajando a turismo ou a negócio realizam a compra da moeda desejada em espécie ou cartão de viagem, com as casas de câmbio credenciadas com o Banco Central.