Dólar americano ou dólar canadense? Entenda as diferenças

03/10/2018 14:13 | Comprar dólar

Comprar dólar - Dólar americano ou dólar canadense? Entenda as diferenças


Dólar americano e dólar canadense são moedas diferentes, e isso já sabemos. Mas o que muitos não sabem é que as moedas têm diferenças, também, na taxa de câmbio.

O dólar americano é a moeda mais comprada, apesar de ser a mais cara. E isso ocorre por ser moeda universal e aceita em muitos lugares do mundo, o que garante certa segurança para o viajante. Contudo, em relação à custo-benefício, se tiver que optar entre dólar americano ou dólar canadense, a melhor escolha, sem dúvidas, é o dólar canadense, por ser mais barato que o dólar americano e mais valorizado que o real. Logo se o seu destino é o Canadá, não hesite em optar pela moeda, que pode ser encontrada nas principais casas de câmbios brasileiras. Como o lucro das correspondentes é menor do que com o dólar americano, fica muito mais em conta fazer a aquisição da moeda canadense no Brasil, evitando, assim, duplas conversões no seu destino final, como Canadá, por exemplo.

Cartão pré-pago ou dinheiro? 

Muitos restaurantes, hotéis e lojas têm facilitado, e muito, a forma de pagamento. E o cartão de crédito e débito como método de recebimento tem sido um deles. 

Ao adquirir a nova moeda para a viajar, o cartão de crédito pré-pago é uma forma bastante segura contra perda ou roubo para o viajante realizar suas transações exterior, já que é possível bloquear ou cancelar o cartão, diferentemente do que ocorre com o dinheiro. E o melhor de tudo é que você já sai do Brasil com o cartão carregado. Esta opção é bastante indicada a pessoas que irão passar longas temporadas fora, como: fazendo intercâmbio, curso superior, ou, até mesmo, para quem não gosta de andar com dinheiro em espécie. Além de o cartão sair do Brasil carregado, outra pessoa pode realizar a recarga do seu país de origem, caso fique sem verba.
 
Dica importante: é preciso se atentar às taxas de utilização, principalmente nos cartões que possuem dupla função de crédito e débito no mesmo plástico, para que não fique confuso o registro de pagamento. Alguns bancos registram saque no cartão de crédito e não, débito, o que pode acabar gerando taxa extra. O saque no exterior não deixa de ser uma boa possibilidade, embora não seja o mais indicado. Mas, na hora do sufoco, é possível realizar saques, praticamente, em qualquer caixa eletrônico com o cartão internacional. No entanto, são cobradas taxas por saque, que são diferentes das que são praticadas no cartão de crédito. E, além disso, a cotação adotada é sempre a do dia.

Vale ressaltar também que no mercado há dois tipos de dólares: o dólar comercial e o dólar turismo. Por isso atente-se a este detalhe na hora de realizar pesquisa de cotação de câmbio, para que não haja confusão, tendo em vista que pode ocorrer penalidades quanto à negociação de hospedagem, passagens aéreas, passeios, compras, etc. 

Para garantir cotação assertiva, a plataforma Bom Câmbio disponibiliza filtro de pesquisas, onde o usuário informa todos os detalhes sobre a moeda que pretende comprar, tais como: moeda desejada, quantidade, forma de pagamento, entre outros detalhes. Após o procedimento, o sistema busca as melhores taxas do mercado e entrega ao futuro comprador um comparativo entre as casas de câmbio para que possa, em fim, realizar a negociação e garantir a melhor oferta. 

A plataforma Bomcâmbio oferece também conversor de moeda, cotação do dólar hoje e operações de câmbio com moedas estrangeiras tais como euro, libra, peso argentino, dólar canadense, dólar australiano entre outras. As pessoas que estão viajando a turismo ou a negócio realizam a compra da moeda desejada em espécie ou cartão de viagem, com as casas de câmbio credenciadas com o Banco Central.