Cotação do dólar: saiba como realizar a melhor transação

22/08/2018 14:24 | Intercâmbio

Intercâmbio - Cotação do dólar: saiba como realizar a melhor transação


Está de malas prontas para viajar para o exterior? Entenda como fazer cotação do dólar e economizar na compra  
 

Cotação do dólar ainda é um tipo de operação que gera muitas dúvidas para quem está planejando viagem para o exterior.
 
E isso está relacionado ao fato de a moeda ser oficial da maior economia mundial - Estados Unidos – sendo o dólar utilizado em quase todas as transações internacionais do mundo. Se você está se preparando para ir para fora do Brasil, seja para trabalhar, estudar ou passear, porém tem dúvidas sobre como funciona o mercado de câmbio, confira esta matéria recheada de dicas importantes sobre os principais questionamentos. Conheça os caminhos mais assertivos na hora de realizar a melhor cotação de dólar e garantir uma viagem mais tranquila e segura. Confira:  
 

Cotação do dólar: como funciona

A cotação do dólar está diretamente ligada as alterações ou flutuações que mercado norte-americano oferece. No Brasil, essas flutuações se apoiam na lei da oferta e da procura. Ou seja, quando há demanda da moeda circulando no país, o preço do dólar tende a baixar; quando a procura aumenta, o preço acaba subindo. Por esse motivo é muito importante estar atento a variação cambial para conseguir fazer bons negócios, tanto para compra, quanto para venda.
 

Acompanhamento da cotação do dólar

Há muitos canais disponíveis na internet que oferecem informações sobre este tipo de operação, porém o mais aconselhável e seguro é que se acompanhe diretamente pelo site do Banco Central (BACEN). Lá são apresentados valores médios e boletins periódicos, além de ranking do Valor Efetivo Total (VET), que serve para apresentar o custo total de uma operação de câmbio, de real para dólar, avaliando taxa de câmbio, tarifas e os tributos da operação. Uma forma de economizar na compra da moeda é verificando o VET para que possa ser feito um comparativo entre os agentes autorizados e preços praticados no mercado, nos últimos meses. Essa prática facilita a negociação das taxas. Uma outra sugestão também é a forma de pagamento pela moeda: pagamento em dinheiro é sempre uma boa opção, compensando muito mais do que no cartão ou no cheque.
 

Qual é a melhor modalidade: moeda em espécie ou cartão de viagem?

Para segurança e praticidade, é sempre bom dividir os dólares em duas modalidades: dinheiro em espécie e cartão viagem.
Sem dúvidas, o dinheiro em espécie possui liquidez imediata e inúmeras vantagens, porém os riscos, como perda ou roubo dessa modalidade, podem ser o maior inimigo. Já o cartão de viagem tem a vantagem de ser bloqueado, em situações semelhantes, e ainda poder ser recarregado com mais créditos a qualquer momento, que são debitados da conta corrente e creditados no cartão. Então se um universitário, por exemplo, pretende gastar dois mil dólares canadenses, durante um período de 30 dias em que estiver no país destino realizando seu intercâmbio, ele pode levar 1.000 dólares em espécie (dinheiro vivo) e 1.000 em um cartão de viagem. É muito mais seguro e prático.
 

Comprar dólar: como fazer

É importante frisar que o primeiro passo para realizar uma compra segura, é a escolha de correspondentes cambiais que realmente sejam autorizados pelo Banco Central. O órgão é responsável por regulamentar este mercado, conforme regras definidas pelo Conselho Monetário Nacional. As casas de câmbio, por exemplo, além de serem instituições indicadas, emitem o recibo de compra ou venda da moeda. Lembrando que antes de comprar a moeda desejada, é imprescindível verificar a cotação média PTAX divulgada no site do Banco Central ou em outros sites de economia e mercado financeiro, para fins de comparações. Vale ressaltar que as taxas e tarifas praticadas são de livre acordo entre o agente autorizado e o comprador. 
 

Como economizar na compra do dólar pela internet

As plataformas online oferecem muito mais agilidade, economia e praticidade. Isso porque as casas de câmbio credenciadas pelo Banco Central e conveniadas com a plataforma, respondem com taxas especiais e bem competitivas às demandas dos clientes. Basta informar qual moeda e quantidade deseja comprar e, em seguida, às casas de câmbio disputam sua demanda, respondendo com taxas muito vantajosas. Essa disputa funciona como um leilão reverso onde cada casa de câmbio informa online e sigilosamente, quanto quer pagar pela demanda do cliente. O cliente então, diante das ofertas, escolhe a de menor taxa e a mais próxima da sua residência. Muitas das vezes, as próprias instituições oferecem a entrega dos dólares na residência do contratante.
A plataforma BomCâmbio, que oferece soluções precisas para este tipo de demanda, pode agilizar qualquer transação relacionada ao mercado de câmbio. Com ela, é possível chegar até 15% de desconto na taxa de câmbio, se comparada à compra feita na loja.  Conheça a BomCâmbio  e veja como é rápido e prático fazer negócios.

Veja também onde comprar dólar barato no Rio de Janeiro

Dicas: Se você necessita fazer um curso de inglês, recomendamos o melhor curso online via Skype. https://www.sunnysidecursodeingles.com.br/

A plataforma Bomcâmbio oferece também conversor de moeda, cotação do dólar hoje e operações de câmbio com moedas estrangeiras tais como euro, libra, peso argentino, dólar canadense, dólar australiano entre outras. As pessoas que estão viajando a turismo ou a negócio realizam a compra da moeda desejada em espécie ou cartão de viagem, com as casas de câmbio credenciadas com o Banco Central.