Como tirar visto para os Estados Unidos? Conheça as etapas

06/11/2018 10:35 | Intercâmbio

Intercâmbio - Como tirar visto para os Estados Unidos? Conheça as etapas


Como tirar o visto para os Estados Unidos é uma dúvida bastante comum, sobretudo depois que entrou em vigor o novo sistema de emissão.

A fim de tornar as etapas mais ágeis e menos onerosas, brasileiros que necessitam de permissão para visitar o solo americano deverão preencher o formulário, diretamente pelo site e realizarem o agendamento. E, depois, se reportarem a postos consulares, situados nas principais metrópoles do país, como Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Recife. Para que não fique nenhuma dúvida, saiba agora todos os procedimentos de como tirar o visto para os Estados Unidos, seja para turismo, ou trabalho.

Passo 1: Preenchimento do formulário 

O solicitante deve acessar à página https://ceac.state.gov/genniv  e preencher o formulário de solicitação de visto, conhecido como DS-160. O documento aparecerá em inglês, mas, ao acessar o portal, é possível solicitar tradução. 
É importante preencher o requerimento com todas as informações atualizadas, a fim de que não apresente nenhuma inconsistência de dados. À medida em que o preenchimento for ocorrendo, vale, ao final de cada página, salvar o trabalho, guardando, sempre, o número do “Application ID”. Essa etapa facilitará o acesso novamente ao formulário. Ao concluir todos os procedimentos, salve e imprima a página de confirmação. Em caso de dúvidas, o solicitante poderá acessar diretamente o site Travel. State.Gov para melhores esclarecimentos, através do link: http://travel.state.gov/visa/forms/forms_4230.html

Passo 2: Agendamento de entrevista

Após o preenchimento do formulário, o requerente deverá agendar entrevista, através do link http://brazil.usvisa-info.com/ e seguir todas as instruções para o agendamento. Na página há um tutorial explicativo sobre como realizar os procedimentos.

E como tirar o visto de estudante, por exemplo?
  
Na hora do agendamento, é imprescindível que se tenha em mãos a página que foi impressa de confirmação (Formulário DS-160), com o código de barras, mais o número do passaporte. Em algumas situações, o requerente precisará ir direto ao CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) e ao Consulado), como no caso da renovação, por exemplo. Mas o sistema confirma se há precisão. Se porventura surgir a necessidade de realização de duas entrevistas, é importante que fique atento para não programar as visitas para o mesmo dia. A entrevista para o CASV deve ser realizada, sempre, antes da ida ao Consulado, mesmo que a opção de ida ao Consulado apareça na frente, que é o que ocorre, na maioria das vezes.

Passo 3: Ida ao CASV

O solicitante deverá comparecer ao CASV, munido de todas as documentações solicitadas, como passaporte, formulário e comprovante de quitação referente à taxa de solicitação de visto. Lembrando que no ambiente, não é permitida a entrada com bolsas e mochilas.  

Passo 4: Ida ao Consulado

Após o agendamento da entrevista, dirija-se ao consulado ou à embaixada, com toda documentação solicitada para dar entrada no pedido de visto.
É importante ressaltar que, para a solicitação de visto para trabalho ou turismo, há uma cobrança de taxa aproximadamente US$ 160. Para mais informações, acesse a página http://brazil.usvisa-info.com e certifique-se se houve ou não alterações de preços.

Dica importante: Para realizar a conversão dos valores de dólar para real, acesse a plataforma BomCâmbio. Além de saber a cotação do dólar em tempo real, é possível se informar também sobre as melhores taxas de câmbio, já que as casas de câmbio recebem a solicitação do usuário e, entre si, sem que saibam uma da outra, disponibilizam suas ofertas de compra ou venda e o cliente, no final, faz o melhor negócio.

E aí? Tirou suas dúvidas sobre como tirar o visto de trabalho? Ou visto para turismo? Então compartilhe em suas redes sociais. E se você quiser saber sobre como tirar visto permanente, fique de atento as nossas próximas publicações.

A plataforma Bomcâmbio oferece também remessa internacional, conversor de moeda, cotação do dólar hoje e operações de câmbio com moedas estrangeiras tais como euro, libra, peso argentino, dólar canadense, dólar australiano entre outras. As pessoas que estão viajando a turismo ou a negócio realizam a compra da moeda desejada em espécie ou cartão de viagem, com as casas de câmbio credenciadas com o Banco Central.